Como crianças podem ter uma relação saudável com a tecnologia?

Atualizado: Mar 29

Hoje sabemos que as crianças têm acesso a todo tipo de aparelho eletrônico: computadores; celulares; tablets, entre outros. Dedinhos tão pequenos e olhos curiosos já são capazes de interagir de forma muito interativa com aplicativos de jogos, vídeos, fotos e muito mais.

Devemos considerar que a evolução da tecnologia nos últimos 30 anos foi muito benéfica para a sociedade, que de alguma forma entrou na rotina da população e isso só aumenta a cada dia, logo as crianças estão inseridas de forma natural nesse novo sistema social. Até mesmo os bebês nos impressionam com a facilidade que tem de utilizarem os recursos em aparelhos eletrônicos; passam fotos para o lado, abrem vídeos, baixam aplicativos entre outros, muitas vezes até sem orientação de adultos e responsáveis.


Especialistas apontam que a aproximação de aparelhos eletrônicos não é algo nocivo às crianças, no entanto também não descartam que o exagero de estímulos pode, sim, ser prejudicial. O ideal é analisar muito bem o conteúdo, e escolher algo que contribua para o desenvolvimento infantil. Limitar o tempo desses aparelhos também é recomendado.

A dúvida que fica é: tabletes, celulares, iPads, podem ser brinquedos para as crianças?

A Academia Americana de Pediatria desaconselha mais do que 30 minutos de exposição por dia a qualquer tipo de tela: TV, DVD, tablets, telefones celulares etc, independente do conteúdo apresentado.

Seguindo essas orientações é só planejar o uso dos eletrônicos e se divertir junto com seu filho!

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo